5 curiosidades sobre o matcha

O matcha é um ingrediente muito versátil, mas que tem uma familiaridade maior às pessoas por conta do chá. Mas, sabia que existem curiosidades sobre o matcha bem interessantes?

O matcha traz incontáveis benefícios para o corpo humano, e não precisa ser consumido somente como uma bebida. O pó é um ingrediente que pode ser facilmente incorporado nas receitas para gerar sabores bem diferentes.

Nós, na Namu, temos, por exemplo, um tipo de matcha, que é o Puro, o mais indicado para receitas culinárias em geral. Para quem gosta do ingrediente em bebidas, o Premium é o mais indicado.  Já o melhor e mais refinado é o Cerimonial! Floral, complexo e com bastante umami, a sua utilização é indicada para a tradicional cerimônia do chá. Ou seja, é recomendado beber puro com água quente – e que não passe dos 80ºC.

Retomando um pouco de informação geral e curiosidades sobre o matcha, para quem não está familiarizado, ele é um pó finíssimo feito de jovens folhas de chá verde (camellia sinensis) cuidadosamente selecionadas. 

O chá é um ingrediente milenar, com mais de 3.000 anos. Os primeiros registros de chá moído ou matcha vem da dinastia Tang por volta dos anos 800, onde moiam e ferviam as folhas e adicionavam sal. 

Início histórico da produção de matcha

Matcha dentro de uma tigela (chawan), do lado, os utensilios de preparo de matcha como chasen, chashaku e peneira
Matcha cerimonial

A sua produção começou na China e aperfeiçoou-se no Japão por volta do ano 1.300. No século IX, por meio de trocas culturais e a expansão do budismo na Ásia, o chá, e o matcha, claro, foram levados para o Japão e para a Coreia. O matcha é um ingrediente milenar, com fortes raízes em países asiáticos. 

A partir de então o matcha que conhecemos hoje passa por processo de 3 a 4 semanas de sombreamento, vaporização, limpeza de talos e caules e moer cuidadosamente em moídos de granito

Historicamente falando, e pelos hábitos de consumo na Ásia, o chá sempre esteve lá. Já o matcha, chegou para ocupar um espaço em esferas mais formais da sociedade, como nos templos budistas, nas cerimônias políticas, religiosas e sociais. No entanto, nas últimas décadas, popularizou-se no Ocidente. 

Quer saber mais algumas curiosidades sobre o matcha e um pouco da sua história? Continue acompanhando mais este conteúdo no Blog da Namu!

Breve história sobre o matcha

Esse ingrediente, especialmente, o chá de matcha, tornou-se quase uma propriedade icônica do povo nipônico devido à utilização de monges zen-budistas. Mas, por que eles apreciavam tanto o matcha? 

Há estudos que comprovam que o ingrediente, potencializado pela forma que é feito, auxilia diretamente nos cuidados com a pele, na prevenção de doenças relacionadas ao coração e, claro, uma alimentação mais saudável. Mas, até mesmo antes dessas “descobertas”, o chá, historicamente, era apreciado pelos monges, pois permitia a eles longas sessões de meditação, por conta da combinação de cafeína e l-teanina, sem contar o processo cuidadoso de observação do plantio, colheita e produção de chá. 

Existe um ritual tradicional na cultura asiática, pois as mulheres, principalmente, prezam em demasia pelo autocuidado. Por conta disso, elas tomam o chá de matcha todas as manhãs, pois ajuda na longevidade e impacta na melhora de possíveis estresses, seja físico ou mental. 

Continue lendo o artigo e descubra mais 5 curiosidades sobre o matcha.

As curiosidades sobre o matcha

Antes de começarmos a falar sobre as curiosidades do matcha é importante dizer que cada corpo e cada organismo tem a sua particularidade. Por isso, em caso de dúvidas, entre em contato com um especialista para saber como esse ingrediente atuará em seu corpo.

Além disso, os efeitos listados sobre o matcha são todos baseados no longo prazo, aliados a uma alimentação balanceada e vida saudável. Não há efeitos do dia para a noite, e nem milagres que o ingrediente produz.

1. O matcha reduz a pressão arterial e protege o coração

Não poderíamos começar a falar das curiosidades sobre o matcha e não falar sobre os principais benefícios à saúde. Primeiramente, o matcha é ótimo, pois reduz a pressão arterial. Mas, como isso acontece? Por meio dos seus potentes antioxidantes, esse ingrediente ajuda no controle ou até redução da pressão arterial.

A pressão, inclusive, é uma das principais causadoras de problemas cardíacos. O chá traz benefícios para quem possui doenças do coração. Neste artigo, da National Library of Medicine, você pode encontrar mais informações.

Além do impacto positivo causado na pressão arterial, o matcha também é considerado um protetor do coração. E isso tem alguns motivadores, pois o chá de matcha, especificamente,  ajuda a eliminar o colesterol ruim do nosso corpo. Neste caso, a L-teanina tem um papel importante, visto que é  um relaxante e diminui a pressão.

Aqui, como um aviso, indicamos que pessoas que possuem tendência a pressão baixa, dosem as quantidades ingeridas de matcha.

2. O matcha foi criado por acidente

Campos de chá cobertos para produzir matcha. Hadong, Coreia do Sul

O matcha, que é chá em pó, tem os primeiros registros na Dinastia Tang da China, por volta do ano 618-907 d.C. 

O processo era realizado da seguinte forma: as folhas de chá eram cozidas no vapor e moldadas em tijolos de chá para que pudessem ser armazenadas e, posteriormente, vendidas. Já na Dinastia Song, entre os anos de 960 a 1279, o método de fazer chá em pó consistia em preparar a bebida jogando o pó de chá e água quente juntos em uma tigela e isso, com o passar do tempo foi-se popularizando. 

A partir daí, começou-se uma evolução, pois o budismo zen e os métodos chineses de preparo do chá em pó foram trazidos ao Japão, em 1191, pelo monge Eisai. O chá em pó não ficou tão popular na China por um bom tempo, mas isso foi mudando com o passar das décadas, e atualmente existe uma produção considerável de matcha no País distribuída ao redor do mundo. Mas, no Japão, ele continuou a ser um item importante dos templos e tornou-se muito apreciado por pessoas dos altos escalões da sociedade do século XIV ao XVI.

História e produção do matcha

Entrando, especificamente, na história e curiosidades sobre o matcha, o surgimento dele deu-se por acidente. Antes de conhecermos o matcha como ele é hoje, o seu processo, no século XXII, era por meio de torras e pulverização de folhas. 

Isso trazia outro sabor para o ingrediente, mas com o passar do tempo, e as mudanças de métodos, a sua coloração foi se alterando. Mas, o grande diferencial surgiu durante um inverno bastante rigoroso no Japão quando, em um templo budista, teve-se a ideia de cobrir e proteger as folhas com palha e lascas de madeira.

Após realizar a colheita, eles perceberam que, ao proteger as folhas, havia uma compensação da falta dos raios solares e isso aumentava a produção de clorofila. Além disso, também notaram que as folhas, quando colhidas dessa forma, possuíam um verde vibrante. 

Ao passar pelo processo de moagem, notaram uma textura bem mais fina do que o habitual. Ao produzir o matcha, perceberam que havia, sim, diferença no sabor, com notas mais doces, florais e zero amargor. É importante ressaltar que esse processo impactou a fotossíntese da planta (camellia sinensis) e, por isso, realçou o seu o sabor e seus beneficios. A partir disso, iniciou-se a pesquisa que fez o matcha ser o que é hoje. 

O processo de plantio e colheita foi se aperfeiçoando até chegar ao que temos hoje: quando se aproxima a época de colheita, os arbustos da Camellia Sinensis são cobertas por três a quatro semanas para ficarem protegidas dos raios solares e quando chega o dia para colher, existe uma seleção das jovens folhas do chá verde.

Aqui você encontra mais informações sobre o matcha da Namu e o seu processo de produção.

3. O matcha forma uma barreira protetora na pele

Preparo de matcha com chasen

Sabia que o matcha também forma uma barreira protetora para cuidar da nossa pele? 

Entre os milhares de antioxidantes que estão presentes no matcha, um é conhecido cientificamente por epigallocatechin gallate ou EGCG. Esse componente presente no matcha tem associação direta sobre bactérias presentes em nossa pele.  

A título de curiosidade, o EGCG é considerado um poderoso anti-aging ou anti idade, pois tem uma potente propriedade antioxidante que protege as células contra danos causados por radicais livres. Por isso, o chá verde em geral é um componente muito usado em cosméticos para retardar o envelhecimento.

Entre outros benefícios do matcha está o fato dele ser uma potência em formato de vitaminas, visto que é possível encontrar algumas, como: A, C, K e complexo B. Ou seja, toda vez que alguém ingere o matcha, consegue oferecer ao corpo uma série de antioxidantes que combatem os radicais livres e os removem de seu sistema.

Esse processo evita que as células das peles sejam danificadas, o que previne, claro, a degeneração celular e o envelhecimento precoce – por isso, de novo, que ele é usado em cosméticos anti-aging.

Outro benefício que o matcha pode causar na pele é em tratamentos contra a acne. Claro que ele não terá impacto imediato, mas o fato deste ingrediente tratar inflamações e bactérias, mostra que é um ótimo aliado devido ao antioxidante EGCG, que possui fortes propriedades antimicrobianas e anti-inflamatórias. Esse componente do matcha é absorvido pela pele para combater o sebo e as bactérias que causam acne.

Há estudos, inclusive, que mostram que após oito semanas bebendo matcha, a produção de sebo e oleosidade diminuiu cerca 70%

4. O matcha ajuda na concentração, relaxa  e melhora o humor

Como quarto e último ponto das curiosidades sobre o matcha, falaremos sobre benefícios gerais desse ingrediente.

Para quem se sente estressado durante o dia a dia ou até para algumas crises de ansiedade, que tal apostar no matcha? Ele possui propriedades calmantes em razão da presença de vitamina K e também da l- teanina.

Mesmo com a presença de cafeína, o matcha vai ajudar e oferecer um efeito calmante desde o seu preparo. Algum dos motivadores são decorrentes da metabolização da cafeína junto com a L-teanina. Importante mencionar que isso só acontece nos matchas de maior qualidade, já que concentram mais cafeína e l-teanina, e diminuem as catequinas que causam adstringência, Exemplos que nós, da da Namu, comercializamos são o Premium e Cerimonial

Um ponto interessante é que o efeito conjunto da cafeína e l-teanina ajuda na concentração e foco. Isso era apreciado pelos monges nas meditações, pois, por exemplo, permite estar alerta, por conta da cafeína, e ao mesmo tempo relaxado, devido a l-teanina.

Além disso, o efeito pode não acontecer da mesma forma quando há ingestão de forma isolada ou separada. Por exemplo, se você toma uma suplementação de cafeína e de l-teanina, há uma diferença na reação do seu corpo quando comparado a ingestão do matcha.

Matcha ajuda na produção de serotonina

Por fim, quem ingere o matcha tem uma melhora de humor, também impulsionada pela l-teanina. Essa substância é forte auxiliar no combate a insônia e depressão, visto que é uma substância com alto poder de relaxamento e que auxilia na diminuição da pressão, causando a sensação de relaxamento. Ou seja, vai impactar, mesmo que indiretamente, no bom humor. 

Para finalizar essa curiosidade sobre o matcha e a presença de l-teanina, vale ressaltar que quando o nosso corpo identifica a presença dela, ele começa a produzir serotonina, conhecido por ser o hormônio da felicidade. Ou seja, tomar matcha é só alegria.

5. O nosso matcha é da região do chá do Rei

O local onde é produzido o matcha da Namu, em Hadong, na Coreia do Sul, começou a produzir chá no ano de 828. Esse local era conhecido como a região do chá do Rei, pois era onde se encontra o produto com a maior qualidade, com uma variação entre a produção de chá selvagem, agroflorestal e produção familiar. Todos esses pontos abraçados pelo Hadong Green Tea Institute,  onde a cada colheita a qualidade melhora significativamente.

Um dado curioso é que a Namu compra o matcha de nove famílias. Ou seja, o nosso matcha é ultra rastreável.

Onde comprar um matcha de qualidade?

Após conhecer algumas curiosidades sobre o matcha, que tal aproveitar para conhecer, de fato, o produto? 

A Namu é uma importadora exclusiva do campo Green Tea Institute, em Hadong, Coreia do Sul. Por isso, consegue oferecer um produto de alta qualidade que respeita o meio ambiente em todas as suas etapas de produção. Em 2017, o nosso campo recebeu o título de Patrimônio Agrícola Mundial (GIAHS), pela FAO-ONU.

Veja todas as variações de matcha que a Namu oferece e escolha o ideal para o seu dia a dia.

Gostou de saber curiosidades sobre o matcha e a Namu? Confira essa e outras publicações sobre o nosso produto no Blog da Namu. 

Os queridinhos!

  • Matcha Premium – Grau Barista

    R$89,00
    Leia mais
  • Matcha Culinário

    R$59,00R$159,00
    Ver opções
  • Matcha Cerimonial

    R$119,00
    Leia mais
  • Matcha Vanilla 150g

    R$99,00
    Comprar