O que é matcha e para que serve?

Mais do que uma bebida com uma cor vibrante e bastante popularizada nas redes sociais dos famosos, o matcha é um produto que pode trazer incontáveis benefícios para a saúde. Facilmente incorporado em diversas receitas, esse ingrediente milenar pode ajudar no seu bem-estar e ser um aliado para receitas deliciosas. Importante entender o que é matcha e para que serve, além de alguns dos seus principais benefícios. 

Devido ao seu processo de fabricação extremamente único, o matcha tem algumas particularidades. O matcha é feito, basicamente, das folhas mais jovens do chá verde (camellia sinensis). Para que seja possível chegar ao ponto ideal, elas precisam ser protegidas do sol para, posteriormente, serem convertidas em pó.

No entanto, isso reforça alguns dos seus principais componentes, o que gera uma maior concentração de cafeína, l-teanina,  clorofila e algumas vitaminas, principalmente C e E, além de minerais como zinco e selênio. Para o fornecimento de antioxidantes do organismo, o matcha é incrível e vamos falar mais disso durante o texto. 

Mas, vale pontuar que, por exemplo, para pessoas hipertensas, o seu uso deve ser analisado caso a caso por um especialista, principalmente em grandes dosagens devido à alta concentração de cafeína.

Quer saber mais sobre o que é matcha, como é feito o matcha da Namu, alguns tipos e usos recomendados? Continue lendo o nosso artigo e tire todas as suas dúvidas sobre esse ingrediente incrível!

O que é matcha?

Matcha é chá verde em pó fino e de cor verde vibrante.

Basicamente, podemos definir o matcha como um pó finíssimo feito de jovens folhas de chá verde cuidadosamente selecionadas.

O matcha é encontrado  em pó, até por isso o seu nome, que significa chá finamente moído. Ao desmembrar a palavra obtemos o “Mat”, que é pó fino, e o cha, que significa chá. 

Você, provavelmente, deve conhecer o que é matcha muito por conta da bebida. Mas, além desse tradicional chá ou do matcha latte, o matcha pode compor deliciosas receitas, como muffin, sorvete ou até brigadeiro de matcha!

Como consumir matcha de maneira saudável

Por mais que pareça simples, o consumo do matcha precisa ser dosado, ainda mais para quem o faz diariamente.

Segundo Jamie Alan, especialista de Farmacologia e Toxicologia da Universidade Estadual de Michigan, o consumo diário recomendado é de 2 a 3 colheres de chá de matcha por dia. E isso pode variar, claramente, de acordo com o perfil de cada um e também com a graduação do próprio matcha, que varia de acordo com a idade da folha. As folhas mais antigas, por exemplo, possuem menor dosagem de cafeína por grama.  Já as folhas mais novas, como as usadas para a produção do Cerimonial, concentram maior quantidade de cafeína.

Essa quantidade é o equivalente a cerca de duas ou três xícaras de chá pronto, mas pode ser adaptada para o uso em receitas culinárias de forma geral.

Como é feito o matcha da Namu?

Namu- HADONG
Plantação Hadong – Coreia do Sul

Após entender o que é matcha, que tal descobrir um pouco sobre o processo de produção da Namu? Antes de realizar a colheita para, de fato, ter o produto em mãos, há algumas etapas que auxiliam a Namu oferecer um matcha de qualidade! 

Algumas semanas antes da colheita, as árvores da Camellia Sinensis são cobertas para ficarem protegidas dos raios solares. Esse processo potencializa a produção natural de clorofila e nutrientes do matcha da Namu.

Quando chega o dia da colheita, há uma seleção cuidadosa das jovens folhas de chá verde. Importante dizer que a colheita realizada pela Namu é feita apenas uma vez por ano, sendo a principal entre abril e julho, pois é a safra da primavera, considerada a mais importante. Especificamente, o matcha Cerimonial é colhido no final da primavera, é dessa colheita que o melhor matcha é obtido. Já o Puro, é colhido no começo do verão. 

Com essa colheita detalhada, seguida de uma seleção minuciosa das folhas, elas irão passar por um processo de secagem por vaporização. Isso auxilia no momento que elas precisarão ser moídas em um moinho de pedra de granito, o que impacta diretamente na mineralização do matcha. 

Quais os tipos de matcha da Namu?

O matcha não é um produto único, e sim, pode ter algumas variações. Na Namu, por exemplo, o produto pode ser encontrado em três graduações. Devido às colheitas feitas durante o ano, em períodos distintos, nós conseguimos ofertar para os principais usos do matcha sem que ele perca a qualidade. 

Para quem quer conhecer mais os produtos que nós da Namu comercializamos, há três nomes: o Puro,  o Premium e o Cerimonial.

O que é o matcha Puro?

Ele é considerado o matcha mais versátil da Namu, também conhecido como grau culinário, principalmente por conta da textura suave, cor vibrante e sabor intenso. Ele é facilmente utilizado em diversas receitas, por isso, devido ao seu perfil vegetal e alinhado a frescor, pode ser utilizado em receitas doces e salgadas realçando o sabor dos ingredientes!

Nós, da Namu, reforçamos que todas as nossas plantações não contêm nenhum tipo de pesticida ou agrotóxico, o que traz mais valia ao produto.

O matcha Puro tem um uso recomendado de duas gramas a cada 200ml.

O que é o matcha Premium?

Quando falamos do matcha Premium, já é possível estreitar um pouco a sua utilização. Por exemplo, os baristas e as cafeterias preferem esse produto, pois tem um uso mais indicado para drinks e bebidas de forma geral.

A sua produção é composta de um blend de matcha culinário e matcha cerimonial, que cria esse meio termo perfeito de custo-benefício. O matcha Premium é suave, bem verde, porém presente independentemente da adição de outros ingredientes. É recomendado somente para bebidas, sejam elas quentes e geladas.

Quem quiser incorporá-lo no dia a dia, o matcha Premium pode ser consumido puro com água, leite, vitaminas ou sucos.

O matcha Premium tem um uso recomendado de trinta gramas para render algo entre 15 a 20 doses.

O que é o matcha Cerimonial?

Esse é o matcha com maior qualidade, principalmente devido a sua colheita. Ele é feito das folhas mais novas colhidas manualmente,  e a sua utilização é indicada para a tradicional cerimônia do chá (usucha).

A sua cor verde é intensa, tem textura suave, aroma floral, sabor complexo e muito umami. Por conta dessas particularidades na composição, o seu uso é recomendado para bebidas com água quente, com, no máximo, 75ºC. Explicando até de forma geral, e isso serve para qualquer matcha, quando misturado com água a mais de 85ºC, pode queimar e ficar amargo.

O matcha Cerimonial tem uso recomendado de uma grama e meia a cada 100ml de água quente.

Benefícios do consumo de matcha

O que é matcha? A bebida é uma das receitas mais tradicionais com o ingrediente!

Que o matcha faz bem isso parece ter ficado claro durante o conteúdo, mas quais são os benefícios que este pó, realmente, pode trazer para quem o consome? 

Estudos científicos associam o consumo do chá matcha, a médio e longo prazo, a melhorias no funcionamento do cérebro e perda de peso, quando associado a uma rotina de exercícios físicos e boa alimentação. Mas, não só isso: quem consome o matcha e o inclui na dieta pode se beneficiar de um efeito protetor ao fígado por conta dos antioxidantes. 

Outros benefícios são: proteção das células de efeitos dos radicais livres, aceleração do metabolismo, auxílio na redução de estresse, já que contém l-teanina e até melhora no humor, memória e concentração.

O matcha também previne o envelhecimento precoce, pois, como já falamos, é um produto rico em antioxidantes e pode auxiliar no controle da pressão arterial.

Quando tomar matcha não é recomendado?

Claro que, como qualquer outro ingrediente ou alimento, o matcha pode ter algumas restrições para determinados públicos. Independentemente da pessoa, é muito importante evitar o matcha em jejum, pois ele pode ter forte impacto na queda de pressão. Além disso, nunca fazer jejum intermitente com matcha, pois o efeito conjunto da cafeína com a l-teanina pode fazer a pessoa passar mal. 

O mais indicado quando falamos de consumo de matcha pela manhã, é uni-lo a outros alimentos, seja um shake ou uma vitamina, por exemplo.

Mulheres grávidas, em período de lactação ou crianças, devem evitar o consumo de matcha. Além disso, pessoas com hipertensão comprovada e em tratamento não devem tomar esse chá em excesso ou mesmo consumir o pó em receitas, já que contém cafeína e isso pode impactar, diretamente, na saúde.

O matcha para pessoas com pressão muito baixa também podem trazer alguns malefícios, pois, como dito anteriormente, a cafeína com a l-teanina pode impactar na queda de pressão.

Gostou de saber mais sobre o que é  matcha e a Namu? Confira essa e outras publicações sobre o nosso produto no Blog da Namu. 

Os queridinhos!

  • Matcha Premium – Grau Barista

    R$89,00
    Leia mais
  • Matcha Culinário

    R$59,00R$159,00
    Ver opções
  • Matcha Cerimonial

    R$119,00
    Leia mais
  • Matcha Vanilla 150g

    R$99,00
    Comprar